Monday, May 12, 2014

SAVE THE DATE 28/05/14 Opening of the exhibition: BES Photo 2014

O Banco Espírito Santo e o Museu Coleção Berardo têm o prazer de anunciar os nomes dos artistas que irão participar na 10.ª edição do prémio BES Photo 2014. 

A escolha de Délio Jasse, José Pedro Cortes e Letícia Ramos foi da responsabilidade de um júri de seleção composto por Jacopo Crivelli Visconti (Brasil), João Fernandes (Portugal) e Bisi Silva (Nigéria), que analisaram o panorama expositivo da fotografia no período a que reporta o prémio (2013).

Délio Jasse

Segundo o júri, a nomeação de Délio Jasse (Angola) prende-se com «a apresentação de três trabalhos distintos, mas inter-relacionados, que exploram as formas como o passado continuam a ter impacto no presente. Estes vestígios do passado manifestam-se de maneiras diferentes: através da história colonial, como na série Além_Mar (2013); através da transformação da paisagem urbana (especialmente numa cidade como Luanda, que cresce a um ritmo fenomenal, com a arquitetura dos anos de 1950 e 1970 a ser apagada por novos edifícios), como em Arquivo Urbano (2013); ou apenas através de imagens de indivíduos encontradas pelo mundo fora, em feiras de objetos usados, como em Contacto (2012). Com a utilização de imagens encontradas aleatoriamente e de imagens de arquivos, Délio Jasse faz o tempo confluir de uma forma que nos confronta com a nossa própria efemeridade».

José Pedro Cortes

Para o júri, José Pedro Cortes (Portugal) «tem-se destacado com uma obra fotográfica que cruza o registo da vida urbana contemporânea com uma narrativa muito pessoal da intimidade e da anonímia na delimitação entre o espaço público e o privado, centrada na relação entre os lugares e as pessoas que os vivem. Costa, o projeto que apresentou no espaço Carpe Diem, em Lisboa, foi também selecionado para a European Exhibition Photo Award, apresentada em 2012 na Deichtorhallen, em Hamburgo.”  


Letícia Ramos 

Na opinião do Júri, o trabalho de Letícia Ramos (Brasil) «revela um amadurecimento da sua prática artística, evidenciado pelas recentes exposições no espaço Pivô, em São Paulo, e no Museu do Trabalho de Porto Alegre. Para ambas, a artista construiu aparatos que mostram o processo de criação de imagens ao mesmo tempo simples e sofisticadas, sugerindo também uma reflexão sobre a evolução do meio fotográfico.»

À semelhança das edições anteriores, os artistas selecionados apresentarão os seus trabalhos no Museu Coleção Berardo, numa primeira exposição com inauguração prevista para maio de 2014, e que itinera até ao Instituto Tomie Ohtake, onde será apresentada em outubro de 2014.

Numa primeira fase, cada artistas selecionado recebe uma bolsa para a produção do projeto que será apresentado na exposição BES Photo. Num segundo momento, que corresponde à fase de premiação, um júri internacional, com nacionalidades distintas daquelas que são as dos artistas selecionados, elegerá o vencedor do prémio, com base nos projetos expostos no Museu Coleção Berardo. O valor do prémio é de 40.000 Euros.

No comments:

Post a Comment